22 agosto 2011

ausência?


pergunto-me se essa ausência me faz crescer, mudar, ou encontrar um eu. se essaa falta faz com que eu aprenda a viver sem aquela convivência, aquilo que se parecia (ainda parece) necessário. será que apenas esses meses distantes são o suficiente para que mudanças significativas tenham acontecido? 
será que não és o mesmo? o mesmo que conheci à mais de um ano, que apesar de não valorizar, sempre foi capaz de me manter viva. eu olho para trás, sou inferior o suficiente para sentir saudade, mas ainda assim, também sou superior o suficiente para não ir a correr atrás de algo que sempre andou à frente e tão distante.

11 comentários:

  1. a sério ? que bom querida *-*
    é bom ter te de volta ao meu blog então ;)

    ResponderEliminar
  2. amei , identifico-me muito com este post $:

    ResponderEliminar
  3. bela frase.
    "...também sou superior o suficiente para não ir a correr atrás de algo que sempre andou à frente e tão distante", força querida, pode custar mas talvez seja o melhor a fazer!

    ResponderEliminar
  4. O tempo passa e as pessoas mudam com ele ... infelizmente!

    ResponderEliminar

?

penso, logo existo.
(+ detalhado aqui)