23 julho 2011

'como se fosse o fim do mundo'

todos os dias ando por aí: as vezes feliz, as vezes triste (triste por motivos que julgo sérios na hora, mas passado o tempo, vejo a ‘seriedade’ dos meus problemas), mas somente hoje, no meio a multidão, dei por mim com o certo pensamento ‘quais são os problemas que os entristessem?’.
em certos momentos da vida somos tão egoístas que só temos olhos para o nosso mundo. somos capazes de julgar os nossos problemas como os piores, mas não somos capazes de se quer tentar ver os dos outros. julgamos assim, porque na hora tudo parece muito mau, como se fosse o fim do mundo .. mas no final as coisas sempre se endireitam e voltam a ser como antes.




12 comentários:

  1. adorei. e é assim mesmo. na hora os nossos problemas parecem os maiores do mundo, mas isso porque não olhamos para os problemas dos outros, que por vezes são muito mais graves.

    ResponderEliminar
  2. tens mesmo razão! eu penso sempre assim.. "tenho problemas! mas os outros também têm"... é a vida! feita de problemas, infelizmente..

    ResponderEliminar
  3. infelizmente hoje em dia é assim mesmo. só nos preocupamos com nós mesmos e pouco mais.

    ResponderEliminar
  4. Tão verdade!
    quando temos um suposto problema fazemos um grande drama, como o mundo fosse acabar amanhâ, mas quando tivermos um verdadeiro problema? Vamos fazer o quê?
    Gosto do teu blog, vou seguir :)

    ResponderEliminar
  5. É pra isso que servem as coisas... Para se tornarem risadas mais tarde...
    Pra serem ignoradas, pra percebermos a mudança na nossa inteligência, no nosso corpo, na nossa indole, enfim...
    Quanto ao egoísmo... é um vício!

    Abraço!
    @juhhouse

    ResponderEliminar

?

penso, logo existo.
(+ detalhado aqui)